Três atitudes que diminuem a vida útil da sua moto

 Três atitudes que diminuem a vida útil da sua moto

Ações tomadas pelo proprietário podem prejudicar o funcionamento da motocicleta e aumentar o valor de manutenção; confira quais são

Mais de 29 milhões de brasileiros circulam diariamente pelas ruas das cidades em cima de uma moto. O dado da ABRACICLO (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) aponta o número de veículos motorizados sobre duas rodas atingido em 2020. 

Dentre os fatores como agilidade, preço acessível e economia de combustível, outro fator tem atraído o consumidor para esse tipo de transporte: a manutenção mais em conta.

Quando comparado com um carro, o custo para manter uma moto pode chegar a ser 50% menor. Entretanto, algumas atitudes comuns tomadas por donos desse meio podem equivaler os valores na hora da manutenção. Segundo André Gonçalves, consultor técnico da MANN-FILTER no Brasil, o número de brasileiros realizando procedimentos errados, ou não indicados pelas montadoras, tem aumentado significativamente. 

“Não é raro você encontrar fóruns na internet onde há discussões sobre a retirada do filtro do ar para aumentar a potência do motor, ou a retirada do filtro do óleo em casa, de maneira amadora. São atitudes que vão acelerar o desgaste do motor e diminuir seu tempo de vida útil”, afirma o consultor.

A partir dessas observações, Gonçalves lista três atitudes que podem ser prejudiciais para o motor da moto. Veja:

  • Adaptações

Alguns mecânicos e motociclistas optam por instalar um filtro qualquer e não aquele diretamente indicado pelos fabricantes ou, em alguns casos, a remoção deste. “Existem vários riscos em tal prática, desde a parada do motor até o travamento do mesmo, além da possibilidade de incêndio em caso de filtro do combustível mal instalado ou de baixa qualidade”, alerta o especialista.

  • Tempo de manutenção excedido

Muitas vezes a troca de óleo acaba passando da quilometragem ideal e, quando efetuada, os filtros saturados não são trocados. Essa falha é muito comum, e prejudica profundamente o funcionamento do veículo. 

O consultor técnico da MANN-FILTER ressalta: “Não adianta colocar combustível de qualidade e um óleo de primeira linha sendo que os filtros não estão limpos. A filtragem não será feita de maneira adequada, contaminando os componentes do motor e diminuindo a vida útil do mesmo”.

  • Tirar o filtro do ar

Todos os filtros são usados quando o motor entra em funcionamento, mas o filtro do ar, que normalmente é mais lembrado, é o que está mais exposto às diversas condições do clima e do tipo de local a que a moto está exposta. Na maioria das vezes, é ele que alguns motociclistas removem sem recomendação alguma, o que reduz muito a vida útil do motor. 

“O filtro do ar é fundamental para filtrar todo o ar que entra no motor. A retirada desse filtro permitiria que o ar tenha maior facilidade para entrar no motor e, teoricamente, com maior vazão do ar, o resultado seria um melhor desempenho na admissão e no funcionamento do motor. Porém, qualquer partícula que entrar na câmara de combustão pode causar um enorme estrago no motor, chegando a prejudicar os anéis do pistão ou travando uma válvula no cabeçote”, finaliza o profissional.

Em síntese, é imprescindível que o proprietário de uma moto siga sempre as instruções das fabricantes, pois qualquer medida tomada sem indicação ou assistência profissional pode ser prejudicial. A saúde dos filtros é essencial para o bom funcionamento da máquina, garantindo um desempenho satisfatório e a segurança de quem pilota. A marca MANN-FILTER é líder em soluções de filtragem, sendo a maior empresa do mundo atuando neste ramo. Está presente no Brasil desde 1954 e disponibiliza filtros confiáveis de ar, óleo, combustível e cabine para o seu veículo.

Compartilhe