READING

Pelé e sua marca no motociclismo brasileiro

Pelé e sua marca no motociclismo brasileiro

Parceria entre Pelé e Honda que fez a marca crescer no Brasil

Eleito o melhor jogador do século pela FIFA, Edson Arantes do Nascimento, conhecido como Pelé é um símbolo importantíssimo do futebol brasileiro. Completando 81 anos em outubro de 2021, o jogador faz parte da história do nosso país em vários setores, inclusive no mundo do motociclismo.

Depois de conseguir o título de tricampeão pela seleção brasileira em 1970, Pelé foi convidado pelo presidente e fundador da Honda para se tornar garoto propaganda da marca. 

Pelé aceitou fazer essa divulgação no Brasil após seu encontro com Soichiro Honda, fundador da marca que leva seu nome. Esse dia foi marcado por uma camiseta autografada que o jogador deu para Soichiro, além de terem tirado uma foto juntos em uma cinquentinha (Chaly).

A Honda teve seus primeiros estabelecimentos no Brasil em 1971, mas a marca apenas importava até 1976. Neste ano, quando as importações foram interrompidas, a fábrica localizada em Manaus começou a distribuir as primeiras motocicletas pelo país inteiro.

A primeira motocicleta foi a Honda CG 125 e Pelé fez propaganda dessa e de outras CGs. Nessa época, Pelé estava quase encerrando suas atividades como jogador e isso se tornou oficial em 1977.

Neste ano, a “moto do Pelé” já estava com mais de 70% de vendas no mercado e o rei Edson Arantes com certeza teve participação nisso. Sem ele, talvez as vendas não seriam tão altas e a marca não conquistaria o espaço que tem até hoje no Brasil. 

A CG 125 foi a primeira no Brasil a ter o motor 4 Tempos. A velocidade da motocicleta chegava até 100 km/h. Valor acessível e economia foram fatores que também elevaram as vendas.

Esse modelo teve grande procura e marcou a história do motociclismo no Brasil, graças a uma parceria com o rei do futebol.


RELATED POST

INSTAGRAM
SAIBA MAIS SOBRE