Motos roubam a cena nas telinhas brasileiras

 Motos roubam a cena nas telinhas brasileiras

Confira produções nacionais em que motocicletas fizeram aparições marcantes

As motos costumam estar com frequência em filmes de ação de Hollywood, por exemplo. Embora na televisão brasileira essa aparição seja menos comum, há alguns conteúdos que trouxeram, sim, as motos para as telinhas. 

Confira uma lista com alguns títulos.

Cavalo de Aço

“Cavalo de Aço” é uma novela da Rede Globo que foi ao ar em 1973. A trama se resume na chegada do personagem principal (um motociclista) à Vila da Prata, em busca por vingança pelo extermínio de sua família, que ocorreu quando ainda era criança. 

O título da produção, que ganhou música tema com o mesmo nome, remete justamente à motocicleta, um modelo Honda CB 750 Four, apelidado de “Cavalo de Aço”. 

Uma curiosidade é que essa moto não era produzida no país, então, por ser importada, seu preço era alto. Custava cerca de 26 mil cruzeiros, o que equivalia ao preço de um cobiçado Ford Corcel GT. 

O protagonista Rodrigo, interpretado por Tarcísio Meira, ajudou a popularizar a motocicleta no Brasil, ao pilotar com muito estilo nas telinhas. Vale ressaltar que Tarcísio é um dos mais renomados atores brasileiro e, na época, era considerado um verdadeiro galã – aumentando o impacto da moto em cena. Na produção, foi par romântico da personagem de Glória Menezes, atriz com quem é casado até hoje. 

Também é importante lembrar que em 1973 não havia a ampla quantidade de conteúdo que se tem hoje. Logo, sem muitos cinemas e sem as plataformas de streaming, a novela era a principal fonte de entretenimento para o público brasileiro. 

Sol Nascente

A popular novela “Sol Nascente”, de 2016, é uma produção patrocinada pela Harley-Davidson. Essa ligação fica aparente nas cenas do início ao fim da exibição, inclusive por conta do vestuário, já que os personagens utilizavam roupas da marca. 

A história se passa em “Arraial”, uma cidade com praias lindas, muitas emoções e pessoas com conexões antigas. Inclusive, é mostrado certo contraste entre o estilo de vida dos apaixonados por motos e os demais moradores da região. 

É possível observar muitos modelos na trama, dado que parte dos personagens são motociclistas. O protagonista Mario (Bruno Gagliasso) pilotava uma Harley Breakout; Lenita (Letícia Spiller) tinha uma 883 Iron customizada e Ralf (Henri Castelli) utilizava duas motos: uma Street Bob e uma Road King Classic

Finalizando a lista, o marido de Lenita (Marcelo Faria) guiava a icônica Harley Fat Boy e Carol (Maria Joana) pilotava uma Forty-Eight.

Reza a Lenda

No filme nacional “Reza a Lenda”, de 2016, escrito e dirigido por Homero Olivetto, temos uma história com semelhanças às aventuras vistas em “Mad Max”. É como uma versão sertaneja da produção de Hollywood. Afinal, há um elemento apocalíptico, a falta de água, e muita ação em cima de duas rodas. 

As motos utilizadas no longa são todas da Yamaha, customizadas no estilo “steampunk”, misturando o aço das máquinas com peças enferrujadas. Isso dá a elas um visual de ferro-velho.

Os principais modelos presentes no filme foram os seguintes: Yamaha XJ6, Factor 150 e Crosser. É uma produção com muitas cenas empolgantes de ação, com adrenalina, onde esses veículos aparecem bastante. 

Inclusive, para interpretar o protagonista, Cauã Reymond precisou tirar carteira de habilitação (CNH) de motociclista. Antes de aprender propriamente a conduzir, o ator teve um pequeno acidente no preparo para as gravações.

I Love Paraisópolis 

A novela da Globo “I Love Paraisópolis”, um grande sucesso de 2015, aborda os diferentes nichos de moradores de São Paulo. No âmbito da favela, um dos personagens principais é o bandido chamado Grego, interpretado por Caio Castro. Proprietário de um desmanche de carros, ele é visto com frequência em cima de uma moto. 

Inclusive, a motocicleta do chefão possui um grafite estiloso em formato de chama. Vários de seus comparsas, incluindo a amiga Ximena (Caroline Abras), também são vistos pilotando ao longo dos capítulos. O estilo deles inclui tatuagens, piercings e esses veículos estilosos, mas simples, na maioria das vezes pretos. 

Compartilhe