READING

Honda lança moto em homenagem a Marc Márquez

Honda lança moto em homenagem a Marc Márquez

Veja o modelo especial e conheça um pouco mais sobre a carreira do piloto

Em homenagem a Marc Márquez, multicampeão da MotoGP, a Honda apresentou uma versão especial da moto CBF 190TR, unidade de entrada da linha Neo Sports Café. A edição exclusiva já foi apelidada de “TR 93” e é voltada para o público mais jovem, podendo atrair compradores iniciantes, que admiram o piloto. 

A moto é baseada na segunda geração da CB 190TR e leva características de design da família Neo Sports Café, representada pelo CB1000R, CB650R e CB300R. Definido como a versão de entrada, o modelo em foco ganha os olhos de muitos, pelo design, mecânica e preço. 

Com estilo elegante e atemporal, a “TR 93” traz uma pintura em vermelho e cinza, sendo o cinza fosco para a maior parte das peças, enquanto o tom vibrante aparece mais nos acabamentos. O caráter esportivo do modelo é evidenciado por uma pequena carenagem acima do farol e o grafismo “93”, número que Márquez adota nas pistas, no painel lateral circular.

Em relação à parte técnica, a Honda CBF 190TR utiliza o motor monocilíndrico refrigerado a ar de 184,4 cm³, com injeção eletrônica PGM-Fi, capaz de entregar 16,8 cv de potência e 1,64 kgfm de torque máximo. Tudo fica muito bem disponibilizado pelo câmbio de 5 velocidades. 

Já a iluminação é totalmente LED, com farol de design clássico e redondo. O assento é forrado em couro marrom, mais um ponto forte. O chassi tipo diamante em aço é contemplado por um garfo invertido e um monochoque ajustável na traseira.

Incluindo mais tecnologia, o painel traz um mostrador LCD negativo, exibindo todas as informações necessárias e indicador de marcha. O tanque de combustível de 10,5 litros garante autonomia máxima de mais de 300 km. As rodas de liga leve de 17 polegadas montam pneus desenhados de acordo com o estilo Neo Sports Café.

Infelizmente, essa versão da CBF 190TR será oferecida apenas no mercado chinês, com um valor estimado de US$ 2.700, algo em torno de R$ 13.750. E aí, você acha que o modelo teria alguma chance de sucesso no Brasil?

Vale lembrar que o icônico Marc Márquez voltou a competir há alguns meses, e, novamente, já há muitos torcendo por ele. Continue a leitura para conferir mais detalhes sobre a carreira do piloto. 

A carreira de Marc Márquez

O piloto espanhol, natural de Cervera, na Catalunha, fez sua estreia nas pistas aos 15 anos de idade, em agosto de 2008. A partir disso, Márquez não parou de acelerar e conseguiu consolidar uma carreira de dar inveja. 

Marc foi o espanhol mais jovem a conquistar uma pole e um pódio em um campeonato mundial. Ao todo, conquistou oito títulos: um na categoria de 125cc, por onde seu caminho nas pistas teve início; outro na Moto2, e seis na MotoGP, principal competição do motociclismo, na qual ele integra o time da Honda.

Conhecido por seu enorme talento, agilidade e impressionante desempenho, Marc Márquez, antes definido pelos fãs como “invencível”, assustou a todos quando sofreu um acidente pilotando. Em julho de 2020, o profissional fraturou gravemente o úmero, osso localizado acima do cotovelo, enquanto competia. 

Assim, em dezembro do ano passado, o piloto passou por três cirurgias para que seu estado de saúde melhorasse. Obviamente, a mobilidade e força nos braços são essenciais para um esportista. Um mês depois, em janeiro de 2021, recebeu autorização para voltar à ativa aos poucos, na época apenas com alguns treinos. 

O retorno oficial à MotoGP veio a ocorrer em abril, depois de 9 meses afastado. No período em que esteve fora, Marc Márquez foi substituído pelo alemão Stefan Bradl, o qual devolveu a cadeira da Honda na 13ª posição. Desde então, o ex-campeão mostrou que não perdeu a sede pela velocidade e conquistou o primeiro lugar no GP da Alemanha, no dia 20 de junho.

De fato, o competidor da Honda, número 93, possui uma trajetória ilustre e muito a mostrar. Sua carreira está eternizada na história do motociclismo. Apesar disso, por causa de tantos obstáculos particulares, Márquez ocupa atualmente a décima posição na MotoGP, bem longe do pódio. 

Com nenhuma pista prevista para julho, a temporada será retomada no dia 8 de agosto, na Áustria, e só deve ser concluída em novembro deste ano. Ainda há muita oportunidade pela frente, mas desejamos que na próxima temporada o espanhol possa começar com o pé direito.


RELATED POST

INSTAGRAM
SAIBA MAIS SOBRE