READING

Está procurando moto barata com foco no mercado do...

Está procurando moto barata com foco no mercado do delivery? Conheça o lançamento da Shineray

Novo modelo estilo retrô da empresa chinesa deve custar R$ 7 mil e chegar ao Brasil em outubro; conheça a SH 125 Worker

Em meio a preços crescentes e novidades frequentes no mercado, a SH 125 Worker, nova motocicleta da Shineray, pode ser uma das motos mais baratas disponíveis no Brasil. Com foco no público que trabalha no setor de delivery e precisa de praticidade e bom custo-benefício, a moto deve custar R$ 7.290, chegando ao país em outubro.

Apresentando um valor mais baixo do que outras fortes concorrentes, como a Yamaha Factor e a Honda Biz (ambas de 125 cc, assim como o modelo da empresa chinesa), um grande aliado da Shineray é o preço. Além disso, para quem curte uma pegada mais vintage, essa é, sem dúvidas, a escolha certa. O modelo SH 125 Worker tomou inspiração de design dos Cafe Racers – remetendo, então, a veículos da década de 1960.

Essa linha retrô é um diferencial da SH 125 Worker, que traz um grande farol redondo; banco quase reto, em marrom; guidão um pouco elevado e rodas raiadas pretas. Unindo o clássico e o esportivo, a moto em questão se apresenta como confortável, justamente para atender aqueles que passam o dia pilotando, trabalhando com o veículo.

As opções de pintura do modelo de 125 cc são três: preta fosca com banco preto, preta fosca com banco marrom, e prata fosca com banco preto. Assim, atende quem quer o toque vintage mais evidente, com assento marrons, e quem prefere algo com aparência moderna.

Em relação à mecânica, o modelo possui um motor monocilíndrico OHC de 2 válvulas a gasolina. Esse gera 7,2 cv de potência a 7.500 rpm e um torque máximo de 0,82 mkgf a 6.000 giros. A suspensão dianteira tem garfo telescópico. Quanto às dimensões físicas do veículo, o comprimento é de 1,89 metro, a largura de 78 centímetros e a altura de 1,04 m.

A distância mínima do solo é de 200 milímetros, ou 20 cm, e o peso do modelo é de apenas 98 kg. Com um tamanho pequeno e peso leve, a moto tem nítida sua agilidade e praticidade, contribuindo para que ela seja uma boa escolha para o trânsito urbano e quem usa o meio durante o dia inteiro.

Sobre o momento de lançamento do veículo e a relação do mercado com a pandemia, o diretor de Supply Chain da Shineray do Brasil, Thomas Edson, comenta: “Percebemos o crescimento do delivery, que está consolidado como fonte de renda para uma fatia considerável da população”.

Para fazer essa análise do contexto, a marca usou como referência um estudo do instituto Locomotiva Pesquisa & Estratégia (SP). Os dados apontam que 11,4 milhões de pessoas iniciaram no setor entre 2020 e 2021.


INSTAGRAM
SAIBA MAIS SOBRE