READING

Ducati apresenta moto em homenagem ao piloto Troy ...

Ducati apresenta moto em homenagem ao piloto Troy Bayliss

Confira a edição especial e mais sobre a carreira do ex-campeão do Superbike

Como forma de homenagear o campeão Troy Bayliss e os 20 anos completos desde seu primeiro título no Campeonato Mundial de Superbike, a Ducati prepara uma edição especial numerada da Panigale V2. 

Recebendo o nome Ducati Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary, a motocicleta carrega um grafismo inspirado na superbike Ducati 996R, com a qual Troy Bayliss garantiu sua vitória em 2001. 

Essa edição vem equipada com suspensões da Öhlins, alavancando seu desempenho, além de um garfo dianteiro NX30, um amortecedor traseiro TTX36 e um amortecedor de direção. Para aliviar o peso, a moto vem de série com uma bateria de íons de lítio, o que a deixa 3 quilos mais leve, totalizando 174,5 kg.

Confeccionada a partir da Panigale V2, a moto é caracterizada pelo vermelho Ducati com grafismos verde e branco, associados com a origem italiana da marca, além do icônico número 21, com o qual Troy Bayliss corria nas pistas. O emblema da Shell reforça a esportividade do exemplar. 

Há também um autógrafo do piloto reproduzido no tanque de combustível, enquanto a mesa superior de alumínio do garfo exibe o nome do modelo e a numeração exclusiva desta série limitada.

Com um amortecedor de direção, a calibração pode ser personalizada, se adequando perfeitamente ao estilo do piloto e pista. A moto também carrega bombas de freio autolimpante e embreagem com tanque de óleo dedicado.

A Panigale V2 é equipada com motor de dois cilindros em “L” Superquadro de 955 cm³, com potência máxima de 155 cv a 10.750 rpm e torque máximo de 10,6 kgf.m a 9.000 rpm. O chassi é do tipo monocoque, e o design esportivo e elegante tem inspiração em outra moto da família, a Panigale V4..

O destaque não fica só para a parte mecânica, a V2 Bayliss tem um pacote eletrônico focado na segurança ativa e controle da dinâmica. Há sistema ABS Bosch de curvas; quick shift bidirecional; controle de tração; controle de freio do motor e controle anti-wheelie, com todos os controles integrados aos modos de pilotagem Race, Sport ou Street. Esses podem ser configurados pelo painel TFT colorido de 4,3″ com gráficos e interface intuitivos.

Quanto aos valores, esta não é uma moto barata, por conta de sua alta capacidade, os refinados aspectos mecânicos e, claro, a exclusividade. Nos Estados Unidos, pode ser comprada por U$21.000, o que resulta em algo em torno de R$ 109.350, numa conversão direta.

Mais sobre Troy Bayliss

Troy Bayliss nasceu na Austrália, em 1969, país onde a sua paixão por duas rodas teve início. Ele começou a se aventurar no motociclismo desde muito cedo, sendo que aos 10 anos de idade já se mostrava muito promissor no Motocross. Apesar disso, quando adolescente e jovem adulto, seu entusiasmo pelas motos diminuiu.

Aos 26 anos, no entanto, ele se sentiu tentado a comprar uma Kawasaki ZXR 750 – e o fez. Com essa moto, ele entrou no campeonato supersport, do qual saiu vice-campeão. Foi então esse o início, de fato, da carreira do piloto.  

Um dado que comprova o talento de Troy Bayliss é que ele foi o único motociclista da história a vencer a MotoGP e o Mundial de Superbike na mesma temporada, no caso, em 2006. Já que o veículo nas mãos do campeão era uma Ducati, nada mais justo que a marca homenageá-lo.

Com 52 vitórias no Superbike, 94 pódios e três títulos mundiais, não há dúvidas de que a parceria entre Bayliss e Ducati foi um tremendo sucesso. O piloto conquistou os mundiais de 2001, 2006 e 2008 com três motos diferentes, todas da marca italiana: a 996 R; a 999 R e a 1098 R, todas com motor L-Twin. 

Seu último grande feito no motociclismo foi o título mundial de Superbike em 2008. Ao todo, ele totaliza três títulos de Superbike e um da MotoGP. Desde então, o australiano chegou a se aventurar no mundo dos carros também. Assinou como co-piloto na Triple F Racing e também correu no campeonato Porsche Carrera Cup de 2013 e 2014, mas sem muitos destaques.

Além da moto, a Ducati também fez outra homenagem ao vigésimo aniversário de Troy Bayliss ganhando seu primeiro título com a montadora. É uma exposição temporária, intitulada “Troy Story: A Lenda de um Campeão”, a qual acontece até 19 de setembro de 2021, no Museo Ducati em Borgo Panigale. Nela, estão incluídas todas as motos que marcaram a carreira de Bayliss.


RELATED POST

INSTAGRAM
SAIBA MAIS SOBRE