READING

Conheça a primeira moto feita a partir de impressã...

Conheça a primeira moto feita a partir de impressão 3D

Empresa alemã BigRep desenvolveu o projeto da e-motorbike NERA, inaugurando o uso expressivo de impressoras 3D

O amante de motociclismo já deve ter ouvido falar das tecnologias de impressão 3D. Até agora, esse meio de produção de objetos, por mais raro que seja, vem tentando, aos poucos, uma participação na indústria automotiva. 

Um exemplo é a motocicleta elétrica NERA, da pioneira empresa alemã BigRep. Seus componentes foram todos fabricados com as impressoras próprias da marca, com exceção dos elementos elétricos, como motor e bateria. 

Quanto às medidas do veículo: tem cerca de 190 cm de comprimento e 90 cm de altura. Ainda, o peso total é só de 60 quilos, muito menor até que o de qualquer scooter. O design seguiu parâmetros extremamente futurísticos, justamente por ser fabricado de maneira incomum. 

Para a união final da moto, apenas 15 peças foram impressas. Um destaque é que até os pneus de ar foram fabricados desse modo – a exceção é realmente na área interna. 

Embora a NERA seja a primeira moto 3D, essa não foi feita com o intuito de chegar ao mercado, dado que consiste em um projeto de estudo da empresa criadora. Assim, vale ressaltar que não foi divulgada nenhuma nota de desempenho da motocicleta como um todo e seu motor, apenas em relação às estruturas impressas. 

A firma por trás disso tudo, BigRep, tem como objetivo descomplicar e buscar alternativas para os processos industriais, por meio de suas impressoras. Sua atuação não se limita a veículos, já tendo demonstrado, até mesmo, a possibilidade de se construir uma casa com suas máquinas. A revelação da NERA ocorreu em 2018, mas, desde então, nada chegou perto de suas conquistas e inovações. 

Recentemente, outras marcas têm apostado no desenvolvimento do método de impressão 3D, mas a maioria dos projetos ainda são voltados apenas para algumas peças específicas. De fato, ainda é um setor que está em seu início.


INSTAGRAM
SAIBA MAIS SOBRE