Como montar um lava-rápido para motos? Confira 5 dicas

 Como montar um lava-rápido para motos? Confira 5 dicas

Aprenda o que é necessário para dar partida nesse empreendimento no mundo das ruas rodas.

As motocicletas são veículos cada vez mais utilizados no Brasil. Segundo a Abraciclo, a frota nacional de duas rodas aumentou 90% entre 2009 e 2019. Dessa forma, abrir um negócio na área do motociclismo pode ser algo promissor, por exemplo, no caso de um lava-rápido. 

O que é necessário para montar um lava rápido?

1 – Planejamento

Essa é uma dica geral para todo e qualquer negócio. Com o aumento da procura pelas motos, a busca por acessórios e cuidados com elas acompanha o mesmo ritmo. É importante identificar e conhecer o público-alvo, tanto para fornecer o melhor atendimento quanto para entender a melhor forma de divulgar e vender os serviços. 

Um lava-rápido pode ser um empreendimento do tamanho que você desejar, sendo necessário investir certa quantia de dinheiro, tempo e esforço.

2 – Localização e organização

Como o objetivo é atrair muitas pessoas para consumirem os serviços fornecidos, a chance de alcançá-lo estando em um lugar movimentado e de fácil acesso é bem maior. Além disso, a fachada do lava-rápido precisa chamar a atenção de quem está passando pelos arredores.

Em relação à organização e estrutura, o ambiente precisa de espaço para que os serviços sejam realizados adequadamente. O local deve ser organizado e limpo. Também é interessante reservar uma sala de espera para os clientes, caso estes desejem – ou necessitem, a depender do movimento.

Já em relação aos equipamentos, isso evidentemente irá depender dos trabalhos feitos no lava rápido, mas alguns deles são imprescindíveis, como: xampuzeira, compressor, óculos de proteção, máscaras e reservatório de água.

3 – Equipe 

A equipe de funcionários varia de acordo com o tamanho do seu estabelecimento e as demandas, mas em geral não precisa de muitas pessoas.

Independentemente do número, porém, seja criterioso ao escolher sua equipe. Instrua-a corretamente sobre como tratar os clientes e quanto ao modo de realização dos procedimentos.

4 – Jurídico 

E as leis? O que é preciso fazer do ponto de vista jurídico para abrir o seu lava-rápido? Nesse sentido, você deve seguir os passos abaixo:

Vá até a Associação Comercial da sua cidade e solicite a abertura da empresa. A partir disso, você será acompanhado na parte burocrática;

Dirija-se à prefeitura e peça o alvará de funcionamento, Licença Ambiental e Licença do Corpo de Bombeiros. Uma inspeção será realizada e, depois, caso esteja tudo certo, a autorização será concedida;

Outros pontos relevantes são: tirar o CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), fazer o cadastro na Secretaria da Fazenda Estadual e o Enquadramento Sindical Patronal.

5 – Divulgação

Atualmente, a maioria das pessoas está na Internet. Sendo esse o principal meio de comunicação da atualidade, é de extrema importância divulgar o seu empreendimento em redes sociais, portais de notícia online e sites pelos quais o público se interessa. Assim, você amplia os negócios, gera conteúdo e cria relação com o consumidor. 

Principalmente nos centros das cidades, é provável que você encontre estabelecimentos concorrentes. Portanto, ao divulgar seus conteúdos, sempre informe ao consumidor qual é o diferencial do seu lava-rápido.

Compartilhe