READING

A solução para cadeirantes que desejam andar de mo...

A solução para cadeirantes que desejam andar de moto

Como cadeirantes apaixonados pelas motos aproveitam esse universo

Ainda há muito preconceito com pessoas com deficiência (PCDs), o senso comum propaga que essas pessoas não são capazes de realizar algumas atividades, como por exemplo pilotar uma moto. A realidade é que já existem motocicletas criadas para pessoas que têm alguma deficiência física.  

Os PCDs que desejarem pilotar precisam tirar uma CNH especial, que vai especificar as adaptações necessárias que o veículo, nesse caso, a motocicleta, precisará dependendo da deficiência.   

Existem muitos protótipos de motos adaptadas e triciclos para esses casos, mas algumas pessoas realizam essa adaptação manualmente. Em 2012, foi aprovado um Projeto de Lei que obriga os condutores desses veículos especiais a seguirem as regras do Código de Trânsito Brasileiro.

As alterações manuais realizadas na moto geralmente seguem a mesma ideia. A moto é cortada ao meio, de modo que o guidão e o assento original fiquem separados, e um embarque para cadeirante é colocado. A estrutura tem um botão que comanda a descida e subida da pequena rampa de acesso para onde o piloto ficará, com a cadeira de rodas. Há um freio de mão para manter a moto estabilizada nesse processo.

Já as motocicletas passam por adaptações como: câmbio adaptável, automatização do câmbio, freio adaptável, embreagem automatizada, transformação em triciclo, entre outras. Tudo depende da necessidade da pessoa que procura a moto. 

Os triciclos, que possuem duas rodas na frente e uma atrás, passam por mais alterações, como por exemplo o rebaixamento do assento, além de ser possível colocar um suporte lateral para a cadeira de rodas.

Essas transformações são realizadas primordialmente com scooters. Um exemplo conhecido é a Sun Trike, triciclo adaptado da Suzuki Burgman.


INSTAGRAM
SAIBA MAIS SOBRE