READING

Motociclistas mulheres que você deveria conhecer: ...

Motociclistas mulheres que você deveria conhecer: Gloria Struck

Senhora americana apaixonada por motos já fez de tudo: viagens, escreveu um livro biográfico e ainda pilota aos 95 anos de idade

Gloria Struck é uma grande entusiasta do motociclismo. Desenvolveu essa paixão desde muito jovem, tendo começado a pilotar em 1941, aos 16 anos de idade.  Atualmente, ela tem 95 anos e ainda sobe em veículos de duas rodas – sim, esse seu lado nunca foi abandonado.

Se hoje em dia uma mulher é julgada e subestimada ao ser vista conduzindo uma moto, quem dirá há 8 décadas. Com certeza, Gloria viveu muita coisa – não apenas por ser da face menos comum nesse meio, mas pelas aventuras, conquistas e avanços pilotando.

A vida de Struck esteve ligada ao universo das motos desde seu nascimento em Nova Jersey, que ocorreu em um quarto atrás de uma loja do ramo, que pertencia aos seus pais. Por conta desse envolvimento familiar com a área, passou grande parte do tempo viajando por todos os estados do país – o que não mudou depois de adulta. 

Quando tinha 21 anos, a jovem foi uma das fundadoras do Motor Maids, um motoclube exclusivamente feminino. Por décadas continuou viajando (milhares de quilômetros) para dar palestras nesse, com sua moto sempre a levando para onde precisasse.

Em 1950, ela decidiu partir sozinha, em cima de sua Harley, para uma viagem pelo Canadá. Por esse motivo, dois anos depois a revista Harley-Davidson Enthusiast a teve como sua capa, justamente para contar tudo sobre essa aventura. 

A senhora pilotou muito, para inúmeros lugares. Ao longo de sua carreira de 75 anos, ela estima um total de mais de um milhão de quilômetros, percorridos em onze Harley-Davisons diferentes e três motos da Indian. 

Até hoje, a americana realiza viagens para conversar com outros encantados pelo motociclismo e, também, para divulgar seu livro biográfico, lançado em 2018, “Gloria – Uma Motociclista para a Vida: 75 Anos em Duas Rodas e Ainda Andando”, com título original “Gloria – a Lifetime Motorcyclist: 75 Years in Two Wheels and Still Riding”. 

Atualmente, a senhora mora em sua cidade natal, New Jersey, e tem feito viagens anuais para rallys em outras localidades – o rally Sturgis, na Dakota do Sul e o Daytona, na Flórida. 

Para o futuro, ela já revelou que sua meta é completar uma corrida na modalidade Cross Country, com obstáculos e diferentes tipos de terreno, quando completar 100 anos. 

Tendo em vista sua vasta carreira, Gloria Struck foi incluída no Sturgis Hall of Fame em 2011, e no AMA Motorcycle Hall of Fame em 2016. 

O exemplo de Gloria enche os aficionados por motos de entusiasmo, também alegrando todos aqueles que sabem que esse ramo não é exclusivo de nenhum gênero.


RELATED POST

INSTAGRAM
SAIBA MAIS SOBRE