READING

Melhor prevenir do que remediar? Saiba tudo sobre ...

Melhor prevenir do que remediar? Saiba tudo sobre os seguros de moto

Descubra valores, serviços e como fazer um seguro de forma adequada

Fazer um seguro para seu veículo é uma medida de segurança e cuidado. Fechar um contrato de seguro tem várias vantagens, como ter assistência 24 horas caso tenha algum problema enquanto estiver se locomovendo, ter auxílio nos reparos se a motocicleta foi roubada ou se aconteceu algum acidente. 

Existem várias regras para fazer um contrato de seguro e existe um órgão responsável pelo controle dos mercados de seguros no Brasil, a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). A SUSEP tem várias funções, mas a principal é fiscalizar as empresas e assegurar que elas estão cumprindo as regras.

Termos relacionados ao seguro

Primordialmente, é significativo conhecer os termos usados para falar de procedimentos referentes ao seguro de motos. 

Seguradora (Companhia de seguro):

Empresa que assume e indeniza o cliente por determinados danos, conforme o acordado na apólice. 

Apólice:

Documento que expõe tudo o que o cliente está contratando, com todas as informações relevantes. 

Cobertura:

Se refere ao conjunto de sinistros que o segurado quer ser indenizado, caso o evento correspondente ao seguro venha a acontecer.

Franquia:

Condiz ao valor calculado que o cliente do seguro poderá se comprometer a pagar caso ocorra o sinistro informado na apólice, quando há a indenização parcial.

Indenização:

Corresponde ao valor de apoio financeiro fornecido pela seguradora em caso de sinistro, para ajudar na recuperação dos danos.

Sinistro:

O veículo sinistrado, que sofreu sinistro, é aquele que sofreu algum prejuízo e tem sua boa dirigibilidade comprometida. 

Tipos de seguro

Para as motocicletas, existem dois tipos de seguro. Lembrando que em qualquer um dos dois é necessário estar muito atento aos acordos feitos com a seguradora.

Compreensivo 

O seguro compreensivo é a alternativa mais completa, com várias coberturas. Se porventura a moto sofrer danos menores que 75% do total, a seguradora paga uma parte e o condutor outra. 

Não compreensivo

Essa possibilidade oferece coberturas específicas e são separadas para que cada motociclista possa escolher. Geralmente esse tipo é o mais comum, por ser mais barato que o primeiro. 

Coberturas do seguro de moto

Confira as principais coberturas oferecidas pelas seguradoras para as motocicletas:

  • Roubo e furto

Geralmente os seguros não-compreensivos disponibilizam essa proteção contra roubo e furto com perda total. Assim, a indenização é paga quando o veículo não é encontrado ou quando é localizado com prejuízos maiores do que 75%.

  • Cobertura de terceiros ou Responsabilidade Civil Facultativa Veículos (RCF-V)

Essa é uma cobertura importante para se ter, ela é referente aos casos em que o cliente é indiciado por danos materiais e corporais gerados em outras pessoas. 

  • Colisão, incêndio e roubo/furto

Essa cobertura se refere a acidentes que a moto pode sofrer. Na hipótese que alguém bater na moto, roubá-la, entre outros danos determinados na apólice, o seguro irá cobrir.

  • Devolução de roupas de produção

Se a moto sofreu algum choque e as roupas de proteção foram danificadas,o seguro confere reembolso de estorno do capacete, macacão e jaqueta.

  • Reboque

Essa cobertura garante 1000 km de distância para possível reboque da motocicleta. É ideal para motociclistas que percorrem grandes distâncias.

  • Prejuízos nas peças 

Com essa cobertura, as seguintes peças são repostas em caso de danos: faróis dianteiros, lanternas traseiras, retrovisores externos e de lentes do retrovisor.

Os valores de acordo com os tipos de moto

Alguns fatores influenciam o preço, como a descrição do perfil do condutor, seus interesses e com que finalidade vai usar a moto. Além disso, os motociclistas sofrem mais acidentes, o que acaba tornando o preço do seguro mais alto.

Outros motivos para variações de preço são os diferentes tipos de motocicletas e isso ocorre porque cada uma é indicada para uma finalidade específica e tem probabilidades distintas de sofrerem furtos e roubos. Além disso, os modelos e marcas também alteram o valor.

Como simular o seguro de moto 

Existem sites simuladores para o condutor ter uma boa noção do quanto irá pagar em um seguro. Para verificar o valor, é ideal seguir algumas dicas. Primeiramente, é ideal procurar um site profissional com boas recomendações. 

Geralmente essas plataformas pedem o preenchimento de algum formulário e é necessário que o dono da moto coloque as informações corretas. Após descobrir os valores, é relevante optar pela cotação que melhor atende às necessidades do condutor da motocicleta. Antes de escolher definitivamente, é bom prestar atenção no que o seguro não irá cobrir, para evitar surpresas negativas no futuro.

É apropriado sempre pesquisar muito antes de fechar algum contrato com uma seguradora. Analise tudo, a empresa, as coberturas oferecidas, os preços e a apólice.


INSTAGRAM
SAIBA MAIS SOBRE